quinta-feira, 13 de junho de 2013

A Aventura do Parkour (Por Dan Edwards)



Eu não podia passar por cima desse texto sem deixá-lo disponível para quem não sabe inglês. Tentei usar meu coração na tradução de cada frase para que o resultado final fosse o mais fiel ao sentimento que o Dan deve ter experimentado ao escrever.

O que é Parkour? Com vocês, a melhor resposta que já ouvi.


------------------------------------------------------------------------------------------------------

A Aventura do Parkour         
(The Adventure of Parkour)

Autor: Dan Edwards
Tradução: Eduardo Rocha (Duddu)

O que é Parkour? Para mim é simples. É a arte de um guerreiro. Que requer tudo o que você tem e sem desculpas. Que espera o seu melhor e não aceita menos que isso. É uma jornada pessoal em busca do auto-aperfeiçoamento, da sincera auto-expressão e realização. É uma arte que nasceu da experiência visceral de viver no mundo real. Não um show.

Ele pode ser difícil; implacável na constante avaliação de si mesmo, de suas habilidades, de sua força e de suas fraquezas mentais e físicas. É um desafio aceito cada vez que você sai para treinar. Ele pode ser brutal. Não científico; politicamente incorreto; uma avaliação constante de quem você é através do desafio e das adversidades.

Tenha sucesso nessa prova e será recompensado com um profundo conhecimento de quem você realmente é. Ele irá te revelar fatos sobre você que até então eram desconhecidos.

Ele irá te fazer perguntas difíceis; irá revelar os seus pontos fracos; irá te indicar as partes que estão quebradas. E então será exigido que você as conserte e que construa sua força justamente em cima desses pontos. Não importa suas desculpas, seu senso de mediocridade ou falhas. Ele sabe que você é muito mais forte do que acredita.

Mas ele também pode ser divertido. Libertador como nada mais será. Imponente. Genuíno. Ele tem o poder de te reconectar com aquela parte adormecida de você mesmo, aquela que descansa obscurecida pelo medo, pela inércia, pela submissão e conformidade. É algo puro. Para compreender quem você é no Parkour, você deve encontrar a harmonia entre corpo e mente, o equilíbrio entre ter o controle e se render.

É desafio. É descoberta. É experimentação. É expressão. É inovação. É adaptação. É a grande aventura. É tudo e não é nada.

É a vida, te dando um empurrão. E você tem que empurrá-la de volta.

Texto Original:
http://www.parkourgenerations.com/node/9184

4 comentários:

Edi disse...

Link original

Guto Martines disse...

SIMPLES E COMPLETA

MUITO BOM

Duddu Rocha disse...

Embora já tenha sido creditada três vezes a autoria do texto, atualizei a postagem com o link original em inglês para o Sr. Edval me deixar em paz.

Jeferson Teixeira disse...

Poxa gostei muito!