domingo, 21 de julho de 2013

Prudência, minha gente, PRUDÊNCIA!





Vou vender um conselho pra quem treina Parkour: Enquanto estiver treinando, além de sua movimentação procure desenvolver a sua visão (e astúcia) ao máximo para perceber se os obstáculos são frágeis ou não. Só com os olhos.

Tracer, com o tempo, passa a entender de construção quase igual a um mestre de obra: sabe o que é uma viga, uma coluna, o tipo de bloco que sai na mão, aquele que é mais firme... Mas se mesmo assim, só com os olhos, ele não for capaz de chegar a uma conclusão, a saída é uma das duas: Checar fisicamente ou desistir do movimento.
Dois fatos que aconteceram por aqui chamaram minha atenção e me fizeram escrever esse texto. Porém, nesses anos eles já aconteceram outras vezes e tenho certeza de que você que está lendo irá se identificar.

# Acontecimento 01: Um colega de treino, que é pesado e costuma chegar como um meteoro de pégasoo em suas precisões, foi checar COM UM CHUTE se o local de aterrissagem era seguro e acabou quebrando o único local que tínhamos para colocar o pé.

# Acontecimento 02. Um outro parceiro foi testar se o muro estava inteiro, colocou a mão no topo dele, puxou e a pedra de mármore caiu direto em sua cabeça. 6 pontinhos pra aprender a ser ligeiro.

Nos dois casos, provavelmente, eles não conseguiram chegar a conclusão da integridade do obstáculo apenas com os olhos. Eu quero acreditar que foi isso. Mas praticante de Parkour tem sempre a IDEIA IMBECIL de verificar se algo está seguro com voadoras, socos, chutes e pontapés. Minha gente, isso não é checagem; é destruição.

No primeiro caso lá em cima, eu fiquei bastante puto porque a aterrissagem foi destruída porque ele É GORDO E PESADO. Eu que sou magrinho e controlo meus movimentos conseguia fazer a precisão tranquilamente. Ele não fez um favor a todos. Eles fodeu com um local de treino.

No segundo caso, é prudente sim você checar a consistência com a mão. MAS TIRE A CARA, A CABEÇA, O ROSTO E O RESTO DO CORPO DA FRENTE. Se você está querendo ver se o obstáculo quebra, puxando em sua direção, VOCÊ TEM QUE ENTENDER QUE SE ELE QUEBRAR ELE VAI DIRETO NA SUA VENTA, DEMÔNIO!

Do que adianta você treinar com prudência para não se machucar durante os movimentos e cometer uma asnice como essa? Aprenda que a força só deve ser usada quando você tiver um propósito justo e for fazer bom uso dela. Do contrário, não vandalize e não se vandalize.

Você me deve um real.

2 comentários:

Adriano (pop) disse...

Admito que quebrei o pico. mas, pior foi o tal que derrubou o resto...

no fim o pico nem existe mais.

e tome no cu todo mundo. (te amo duddu)

Júlio Cezar disse...

Segunda coisa melhor que o texto foi o comentário do Pop :p kkkk